A Pascom – Província apresenta seu Projeto de Comunicação

Atualizado: 14 de Dez de 2020

Nesta retomada de seus trabalhos, buscando uma animação desta pastoral em nível da Província Eclesiástica de Uberaba



19. PROJETO DE COMUNICAÇÃO

PASTORAL DA COMUNICAÇÃO

Província Eclesiástica de Uberaba

REGIONAL LESTE II


Uberaba, novembro de 2020


REGIONAL LESTE II

(Minas Gerais e Espírito Santo)

Província Eclesiástica de Uberaba

Arquidiocese de Uberaba, Diocese de Patos de Minas,

Diocese de Uberlândia e Diocese de Ituiutaba




1. INTRODUÇÃO

A elaboração de um projeto de implantação da Pascom no âmbito da Província não tem a finalidade de ser um mecanismo que engesse as ações locais, mas sim uma diretriz geral que leve em consideração a unidade de ação da Igreja, a transparência, a participação ampla e o direcionamento para os grandes objetivos e desafios que o surgimento e avanços das tecnologias representam para todas as ações humanas, inclusive para a evangelização.

É importante também reconhecer que a Igreja já vem utilizando há décadas, no Brasil, os chamados Meios de comunicação tradicionais, como boletins, jornais, impressos em geral, rádio e televisão, os quais jamais devem perder sua importância. Todavia, os grandes desafios da Igreja na atualidade são dois: a utilização dos meios digitais que a cada dia ampliam sua ação, principalmente entre os jovens, e a adaptação de processos comunicacionais para os locais sem acesso às novas tecnologias, por exemplo, até mesmo o uso da internet.

Neste sentido, é fundamental que a Pascom possa, de fato, apropriar-se de forma técnica e eficiente para o uso desses meios, desde a mais simples veiculação em murais das igrejas até a organização de sites, blogs e o uso das diferentes redes sociais. Com tais atribuições, visa o alcance a públicos de todos os perfis, de forma rápida e eficaz.


Para tanto, a Pascom precisa criar oportunidades para que seus integrantes e colaboradores possam ser preparados e treinados continuamente no uso de todos os meios, principalmente dos digitais. Isto requer a criação de mecanismos de cobertura dos custos para aquisição de equipamentos e utilização de serviços especializados necessários, por exemplo: criação de blogs, sites, manutenção e hospedagem dos mesmos, aquisição de computadores, máquinas fotográficas, filmadoras, microfones, impressoras, data show, telas e outros equipamentos.

Além disso, destacamos a necessidade da realização de encontros de formação e atualização continuada para que a Pascom possa cumprir efetivamente seu papel na Nova Evangelização, à luz dos documentos da Igreja e das exortações do Papa Francisco, para que a Igreja esteja sempre voltada para os pobres, os jovens, os idosos e os grupos excluídos.


Diante desses desafios e realidades apresentadas e sentindo a necessidade de uma integração e maior articulação da PASCOM da Província, viabilizamos a elaboração deste projeto, levando em consideração o avanço e a utilização das mídias para o anúncio e propagação do Reino de Deus.



2. Objetivos


2.1 Geral

Articular e animar a comunicação da Igreja na Província, considerando os processos e meios de comunicação, tendo presente a cultura gerada pelas tecnologias, alicerçados na Eucaristia, na Palavra de Deus e nos documentos da Igreja, para anunciar Jesus Cristo e o Reino de Deus a todos.


2.2 Específicos

- Suscitar a espiritualidade do comunicador cristão a partir da Palavra de Deus e da Eucaristia, dos fundamentos teológicos e da vivência pastoral da Igreja;

- Formar e capacitar o comunicador cristão para exercer sua missão na Pascom e nas diversas instâncias da sociedade;

- Articular e animar as ações da Pascom na Província, considerando sua extensão e particularidades para potencializar a comunicação;

- Motivar, viabilizar e difundir a produção de subsídios impressos, digitais e audiovisuais, na área da comunicação da Província.


3. JUSTIFICATIVA

A Igreja tem incentivado o anúncio da Boa Nova de Jesus Cristo por intermédio dos diversos processos que os meios de comunicação proporcionam. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, através da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação nos 18 regionais da Igreja no Brasil, em sintonia com os documentos da Igreja, do Pontifício Conselho para as Comunicações e do CELAM, assumiu a responsabilidade de realizar os encaminhamentos que este empreendimento exige.

Considerando as propostas da Igreja, a articulação em todos os níveis na perspectiva da comunicação, a Província de Uberaba - formada por uma Arquidiocese e três Dioceses - vê-se diante destas estratégias impelida a organizar, operacionalizar metodologicamente as práticas comunicacionais, para colocar-se a serviço de todas as pastorais, movimentos e organismos. Neste contexto, a comunicação enquanto Pascom irá ajudar a Igreja na Província a anunciar a Boa Nova de Jesus Cristo a todos de forma atual, concreta e unificada, em sintonia com o discurso proferido pela igreja em todo o Brasil, bem como em comunhão com a perspectiva do Papa Paulo VI quando diz que “A Igreja viria sentir-se culpada diante de seu Senhor, se ela não lançasse mão destes meios potentes que a inteligência humana torna cada dia mais aperfeiçoados” (Evangelii Nuntiandi, 45).

Por isso, neste projeto são apresentados passos e tópicos voltados para a animação da Pascom da nossa Província, através de uma estrutura que envolva as práticas comunicacionais, as atividades da igreja, a evangelização, a cultura, os meios e os agentes de comunicação, tendo como eixos ordenadores: espiritualidade, formação, produção e articulação nos níveis provincial, diocesano e paroquial.


O projeto indica ações práticas a serem implementadas na Província, de acordo com as realidades diagnosticadas em cada Diocese, servindo-se dos veículos tradicionais, desde o impresso, o rádio e a TV, às modernas mídias sociais e os processos comunicacionais compatíveis com cada local.

Espera-se com este instrumento possibilitar avanços no processo da comunicação para a evangelização e compromisso de todos os envolvidos na promoção da verdade e da paz através da qualificação e da técnica no mundo das comunicações.


4. Metodologia

A atuação da Pascom terá como metodologia a articulação entre as coordenações Nacional, Regional, Diocesana, Paroquial e Comunitária, orientada por quatro eixos: espiritualidade, articulação, formação e produção, cujas bases se fundamentam no diálogo, comunhão e participação.


5. COMISSÃO PROVINCIAL (Composta pelos membros de acordo com o organograma)

A Comissão tem a função de:

  • Cuidar em primeiro lugar da espiritualidade dos agentes da Pascom da Província;

  • Articular e animar Pascom na Província;

  • Acompanhar o desenvolvimento do projeto da Pascom na Província;

  • Reunir-se a cada bimestre de forma presencial;

  • Reunir-se, quando necessário, por videoconferência.




5. EIXOS ORDENADORES

Eixo 1: ESPIRITUALIDADE

“A espiritualidade constitui o alicerce de todos os eixos. Sem a prática e a vivência da espiritualidade, o comunicador esvazia-se, fragiliza-se como sujeito e torna-se vulnerável às dificuldades que se apresentam ao longo do caminho.” (Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil, n. 253)


Ações:

1. Promover encontros de espiritualidade na ótica da comunicação para os agentes da Pascom e profissionais da comunicação.

2. Promover retiro espiritual para os agentes da Pascom, em nível diocesano ou provincial, tendo como referência a Palavra de Deus, fomentado pela assembleia dos bispos do regional.


Eixo 2: ARTICULAÇÃO

“A articulação se propõe a animar e envolver os agentes culturais e pastorais que conheçam e se comprometam com ações concretas e integradas com os processos e meios de comunicação para o anúncio da Boa Nova de Jesus Cristo.” (Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil, n. 251).


Ações:

1. Criar uma equipe de coordenação da Pascom na Província e nas dioceses;

2. Conhecer a realidade da Pascom de cada paróquia da Província por meio de um levantamento dos responsáveis, quantidade de membros e atividades desenvolvidas;

3. Articular a Pascom nas paróquias que ainda não tem e solidificar e fortalecer as já existentes;

4. Estruturar a Pascom em todos os níveis (comunitário, paroquial e diocesano);

5. Implantar o Projeto Pascom Amiga, no qual uma diocese ou paróquia que já possui articulada, ajude a outra que está iniciando;

6. Organizar uma rede de comunicação das paróquias de cada Diocese, havendo um responsável em cada uma destas;

7. Eleger correspondentes em nível pastorais ou paroquiais para transmitir à Pascom – paroquial e provincial – informações sobre as mesmas;

8. Criar uma fanpage da Pascom Provincial para a troca de experiências, questionamentos, materiais, etc;

9. Conscientizar paróquias e dioceses sobre a importância de investimentos na área de comunicação para o bom desenvolvimento dos projetos.


Eixo 3: FORMAÇÃO

“A formação tem por objetivo a qualificação das lideranças e agentes de pastoral para que desenvolvam e executem projetos teoricamente embasados, tecnicamente atualizados e eticamente comprometidos.” (Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil, n. 250)


Ações:

1. Apresentar aos agentes de Pascom e a todos os envolvidos com comunicação nas paróquias e dioceses, antes das demais ações, o que é e quais são as atribuições da Pascom;

2. Orientar os agentes da Pascom a conhecer a realidade de suas comunidade e paróquias, antes de desenvolverem algum projeto comunicacional (facebook, rádio, jornal, site, etc.);

3. Promover oficinas temáticas na área da comunicação, com encontros presenciais e à distância;

4. Promover cursos teóricos e práticos de comunicação específico para seminaristas, padres e religiosos (as), com convocação feita pelo bispo;

5. Favorecer a formação de comunicação para secretários (as) paroquiais, inserindo-os (as) no processo comunicacional da Igreja;

6. Promover o mutirão regional da Pascom na Província.


Eixo 4: PRODUÇÃO

“No que diz respeito à produção, é necessário destacar que esse eixo está voltado para a elaboração de materiais, como: subsídios de textos impressos e digitais, áudios e vídeos que deem sustentação ao trabalho cotidiano dos agentes de Pascom, cada vez mais desafiados perante as rápidas mudanças culturais.” (Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil, n. 252)


Ações:

1. Promover a integração entre os profissionais de comunicação e agentes da Pascom;

2. Promover a formação técnica dos agentes de Pascom através de assessorias e/ou parcerias com profissionais da área, para a elaboração dos materiais impressos e digitais;

3. Levantar os meios de comunicação existentes na Província para difundir o trabalho realizado e viabilizar o acesso a estes.

4. Elaborar uma cartilha sobre a Pascom para os coordenadores paroquiais da Pascom e demais agentes.


6. Avaliação e acompanhamento

A avaliação do projeto será realizada anualmente em todas suas etapas. O projeto será revisto nas reuniões da Comissão Provincial da Pascom.

Contato

Praça Dom Eduardo, 56 - Bairro Mercês - Uberaba - MG

(34) 3312-9565

Redes Sociais

Facebook

Instagram

Twitter​

Youtube

Inscreva-se

INFORMAÇÕES

Praça Dom Eduardo, nº 56 - Mercês
Uberaba-MG - CEP: 38060-280
Tel: (34) 3312-9565

  • Secretaria / Chancelaria Ramal 1

  • Financeiro Ramal 2

  • Patrimônio Ramal 3

  • Tribunal Eclesiástico Ramal 4

  • Secretaria de Pastoral Ramal 5

curia.arquidiocesedeuberaba@gmail.com

ASSESSORIA DE IMPRENSA DA ARQUIDIOCESE DE UBERABA

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

  • Segunda a Sexta: 8h às 12h e 14h às 17h.

TVs Católicas

Produzido pela pascom arquidiocesana

© 2019 by Arquidiocese de Uberaba

Pública na Rede

Minas Gerais - Brasil

  • Facebook da Arquidiocese de Uberaba
  • Instagram da Arquidiocese de Uberaba
  • Twitter da Arquidiocese de Uberaba
  • Youtube da Arquidiocese de Uberaba
  • Spotify ícone social