Atividades do propedêutico na Semana Santa

Atualizado: Mai 10



A Semana Santa vivenciada pelos propedeutas, neste ano de 2021, foi bastante diversificada, constituindo experiência enriquecedora. As variadas celebrações e atos de piedade em modalidades diferentes ajudaram a compor o tom atípico deste ano. A atividade pastoral dos propedeutas, de acordo com decisão do Conselho de Formadores, acompanha o Reitor, que é Administrador Paroquial da Paróquia de São José (Bairro Tutunas). E é nessa Paróquia que os propedeutas têm desenvolvido suas atividades, ajudando no canto e na liturgia.


As celebrações do Domingo de Ramos e da Paixão se deram de forma virtual. Os propedeutas ajudaram na realização da cerimônia das 8h, na Igreja de São José. Nessa celebração, não houve a participação presencial dos fiéis e o número de ministrantes foi bastante reduzido, somente o essencial, para evitar aglomeração, uma vez que os índices de contaminação e de infecção diante da pandemia ainda eram bastante altos. Assim, os propedeutas puderam ajudar de forma intensa na celebração.


Segunda, terça e quarta-feira aconteceram momentos especiais de oração, de acordo com a piedade popular, transmitidos de forma virtual a partir da Capela Cristo Sacerdote, na Casa São José, atual sede do Propedêutico. Apesar do número reduzido dos propedeutas, eles conseguiram organizar bem esses momentos de oração. Na segunda-feira, foram meditadas as Dores de Nossa Senhora; na terça, os Mistérios Dolorosos do Rosário e na quarta-feira, a Via-Sacra. Essas transmissões, ainda que de forma bastante amadora, contribuíram muito para a participação dos paroquianos e devotos em geral.




Marcante foi a celebração da Missa na intenção do Padre Selmo Donizetti Mazeto, preparada pelos propedeutas. Foi presidida por nosso Arcebispo, Dom Paulo Mendes Peixoto, na Capela Cristo Sacerdote, na Casa São José, e transmitida pelas redes sociais da Arquidiocese. Toda a preparação dessa missa ficou sob a responsabilidade dos propedeutas, que se esmeraram na organização dos equipamentos, canto e liturgia em geral. A assessoria de Ana Luiza foi muito importante. Tudo preparado com muito carinho, ainda que não se dispusesse de adequado aparato técnico.


O Tríduo Pascal foi celebrado com muito cuidado, contando com o retorno dos fiéis nas celebrações presenciais. O propedeuta Wellington Matheus permaneceu na Paróquia de São José, enquanto Gabriel foi enviado para acompanhar Dom Paulo nas celebrações na Comunidade São João Batista. Por se tratar de celebrações que constituem o centro de nossa fé cristã, com ritos distintos, a colaboração dos seminaristas ajuda a preparar celebrações mais belas e intensas para dinamizar a participação do povo de Deus. No Domingo de Páscoa, os dois propedeutas voltaram a ajudar e a participar na Paróquia de São José e sua Comunidade de Santa Beatriz. Os paroquianos ficaram muito agradecidos com a dedicação deles em servir nossas comunidades nesses desafiantes momentos em que enfrentamos a pandemia, quando nosso povo precisa de mais motivos para vivenciar a fé e a esperança.




“Durante a Semana Santa, que é de maior expoência para nós, católicos, tive a alegria de, unido ao Seminário Propedêutico de nossa Arquidiocese e a nosso reitor, poder auxiliar na preparação e execução das celebrações e momentos de reflexões e orações, ajudando o povo de Deus a vivenciar melhor esses grandiosos momentos de nossa fé. Primeiramente, através de momentos oracionais, transmitidos da Capela de nossa Casa São José, através das redes sociais da Paroquia de São José, no Bairro Tutunas, onde executamos nosso trabalho Missionário Pastoral. Tive também a alegria de poder acompanhar o Sr. Arcebispo nas Celebrações do Tríduo Pascal, na Área Pastoral São João Batista. Ali, junto aos membros da comunidade, preparamos belíssimas celebrações. Agradeço à comunidade da Área Pastoral e ao Padre Wylian a importante oportunidade que veio enriquecer minha formação”. (Gabriel Reis Monte – Paróquia de Nossa Senhora de Fátima – Fronteira – MG).


“Esta foi a primeira vez que participei realmente da Semana Santa. Eu sempre ajudei no ministério de canto, mas, às vezes, não ia a todas as celebrações do Tríduo Pascal, nem tinha momentos fortes de oração como os que tivemos aqui na casa, durante toda a semana. A experiência foi muito enriquecedora pra mim. Como ajudei servindo no altar, pude aprender muita coisa nova. Fiquei muito feliz em poder ajudar e, mais feliz ainda, pelas coisas que aprendi”. (Wellington Matheus da Silva – Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes – Uberaba – MG).


Padre Geraldo Maia e Propedeutas

73 visualizações

Posts recentes

Ver tudo