Benfeitor doa telhas termostáticas para conclusão de Salão da Medalha



Padre Manoel Messias e Irmãs Concepcionistas deram início, no final de abril, às obras de conclusão do Salão de Festas Dom Benedito Ulhôa Vieira nas dependências do Santuário da Medalha Milagrosa, em Uberaba.

Como conta o Reitor do Santuário da Medalha, a obra estava parada desde meados de março de 2020, com o início da pandemia da Covid-19. “Porém, recentemente o empresário uberabense, Gilberto Salomão, radicado em Brasília, visitou o santuário e decidiu doar todas as telhas termostáticas necessárias para a conclusão da cobertura do salão de festas. Ele é um benfeitor antigo da casa, sempre ajudando as irmãs e não se furtou em colaborar mais uma vez, fazendo esta expressiva doação,” realça o padre Manoel. Com isto, a obra pode ser recomeçada no final de abril.







Informa o sacerdote que foi lançada Campanha junto aos devotos da Medalha Milagrosa, visando levantar recursos para a mão de obra, assim como adquirir alguns rufos e parafusos. “Serão necessários cerca de R$ 8 mil e os interessados em ajudar devem procurar a Secretaria do Santuário ou o próprio padre,” relata.

“Quando toda a obra do salão ficar pronta, será uma grande conquista,” diz padre Manoel, fazendo referência à realização de quermesses no local, uso do espaço por romeiros, catequese, encontros de casais e mesmo utilização do salão pela Arquidiocese de Uberaba, como ocorreu no Encontro Nacional da Juventude.

“Todos nós, incluindo a Irmãs Concepcionistas, estamos muito animados com a possibilidade de concluir o Salão Dom Benedito. E somos gratos a todos os benfeitores e devotos de Nossa Senhora da Medalha Milagrosa,” enfatiza padre Manoel Messias.



Jornalista Rubério Santos

14 visualizações

Posts recentes

Ver tudo