Comunicação social

Comunicação social

Na Festa da Ascensão do Senhor, a Igreja procura valorizar a comunicação social no sentido de elevar os relacionamentos entre as pessoas. A volta de Jesus Cristo ao Pai dá dimensão de eternidade para a convivência comunitária. A presença do Espírito Santo, nas pessoas de fé, eleva o nível de responsabilidade nas tratativas com seus pares, com os diferentes e com o mundo das coisas criadas.

A presença de Jesus Cristo no mundo fez realizar a comunicação da Palavra de Deus. “No princípio era a Palavra, e a Palavra estava junto de Deus, e a Palavra era Deus” (Jo 1,1). Essa Palavra continua sendo transmitida por vários meios, porque a missão de Cristo não terminou com sua volta ao Pai. Ele disse aos apóstolos: “Ide fazer discípulos pelo mundo todo” (Mt 20,19).

Toda comunicação provoca relacionamento social, cria relação entre a sociedade e a pessoa que comunica, ou com os meios de comunicação, como, com o rádio, o jornal, o cinema, a revista, a televisão, a propaganda, a Internet etc. A comunicação social engloba os processos de informar, persuadir e entreter as pessoas. Não é diferente a comunicação da Palavra de Deus, porque cria relações.

Valorizamos a mídia, sua riqueza, proatividade, capacidade de criar proximidade, mas também muito tendenciosa e atrelada ao poder econômico, e conivente com as correntes mais privilegiadas da classe política. Constatamos também pouco espírito cristão, com muito sensacionalismo, consumismo, que parece até chegar a itinerários maliciosos em favor da opressão e da injustiça.

A Igreja fala de uma comunicação social comprometida com o bem comum, com a formação de comunidade e preocupada com a dignidade das pessoas. Comunicação que mostra mais o lado positivo da vida, e evita dar publicidade para as coisas negativas. Sabemos que “a publicidade das coisas é a alma do negócio”. Quanto mais publicamos violência, mais violência provocamos.

Uma autêntica e sadia comunicação social consegue, sem muito esforço, promover a dignidade e a liberdade das pessoas. Basta anunciar e promover a cultura da paz e a luta pela justiça, defendendo a causa dos oprimidos e marginalizados. Pode-se dizer que, de uma mídia livre, plural e independente, espera-se um serviço fundamentado na verdade, porque é a verdade que liberta.

Dom Paulo Mendes Peixoto Arcebispo de Uberaba.

0 visualização
Contato

Praça Dom Eduardo, 56 - Bairro Mercês - Uberaba - MG

(34) 3312-9565

Redes Sociais

Facebook

Instagram

Twitter​

Youtube

Inscreva-se

INFORMAÇÕES

Praça Dom Eduardo, nº 56 - Mercês
Uberaba-MG - CEP: 38060-280
Tel: (34) 3312-9565

  • Secretaria / Chancelaria Ramal 1

  • Financeiro Ramal 2

  • Patrimônio Ramal 3

  • Tribunal Eclesiástico Ramal 4

  • Secretaria de Pastoral Ramal 5

curia.arquidiocesedeuberaba@gmail.com

ASSESSORIA DE IMPRENSA DA ARQUIDIOCESE DE UBERABA

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

  • Segunda a Sexta: 8h às 12h e 14h às 17h.

TVs Católicas

Rede_Vida_logo.png
cnbb-branca-260x80-2.png
vatican-news-header-white.png

Produzido pela pascom arquidiocesana

© 2019 by Arquidiocese de Uberaba

Pública na Rede

  • YouTube ícone social