Coronavírus: fechadas a Praça e a Basílica de São Pedro aos turistas

Atualizado: 4 de Abr de 2020

A Sala de Imprensa da Santa Sé comunica medidas novas e mais restritivas adotadas pela Cidade do Vaticano até 3 de abril, a fim de evitar a difusão do COVID-19.


A Sala de Imprensa da Santa divulgou um comunicado, na tarde desta terça-feira (10/03), anunciando medidas adicionais para evitar a difusão do coronavírus.


A partir de hoje, terça-feira, a Praça e a Basílica de São Pedro estão fechadas para visitas guiadas e para turistas.


A farmácia e o supermercado permanecem abertos, mas com entradas limitadas.


Também a partir desta terça-feira, por precaução, permanecem fechados a unidade móvel dos Correios Vaticanos, na Praça de São Pedro, as duas lojas da Livraria Editora Vaticana, o Serviço Fotográfico do L'Osservatore Romano, que permanecerá acessível on-line, e a loja de roupas.


O refeitório para os funcionários do Vaticano será fechado ao público a partir da quarta-feira, 11 de março, e será ativado um serviço de entrega de refeições a pedido de várias entidades da Santa Sé e do Estado da Cidade do Vaticano.


Essas medidas permanecerão em vigor, salvo indicações contrárias, até 3 de abril de 2020.


Fonte: Vatican News

5 visualizações

Posts recentes

Ver tudo