Dom Lustosa na Causa dos Santos


Dom Antônio de Almeida Lustosa, bispo de Uberaba entre 1925 e 1928, teve seu processo de Beatificação e Canonização aberto pela Arquidiocese de Fortaleza e pela Família Salesiana em 1993, com o Cardeal Dom Aluísio Lorscheider. Dom Antônio assumiu a Arquidiocese de Fortaleza de 1941 a 1963, tendo falecido em Carpina-PE, em 1974. Desde a Arquidiocese de Belém do Pará, nosso Bispo já tinha fama de santidade, lá ele trabalhou pelos anos de 1931 a 1941; em 2005, a Arquidiocese de Belém também abriu o Processo Arquidiocesano pela Beatificação e Canonização de Dom Antônio. Fazendo essa trajetória, no último dia 27 de abril foi entregue na Congregação para a Causa dos Santos a Positio super Vita, Virtutibus et Fama Sanctitatis de Dom Antônio de Almeida Lustosa.

A Positio super Vita, Virtutibus et Fama Sanctitatis consiste no detalhado trabalho que é feito por meio de uma acurada pesquisa sobre a vida do postulante aos altares. É realizado o levantamento de documentos de arquivos que correspondem à vida do Servo de Deus e são feitas as rogatórias, que são interrogatórios testemunhais de pessoas que conheceram o Servo de Deus ou que alimentam sua fama de santidade. Ao lado desse minucioso trabalho de pesquisa histórica e rogatórias, está uma atenção especial à biografia do Servo de Deus, sua origem familiar, seu processo formativo, quando religioso ou clérigo. Destes esforços nasce o documento que o processo canônico denomina Positio super Vita, Virtutibus et Fama Sanctitatis.




O trabalho sobre o Servo de Deus Dom Antônio de Almeida Lustosa já percorre um caminho extenso, com a contribuição de Irmã Margarida Maria Sales, (Josefina), falecida em janeiro de 2020, como também de padres salesianos e o empenho de uma Comissão de Leigos, sediada em Fortaleza, que se tem empenhado por essa Causa. Foi feito todo um trabalhado documental pelos postuladores e pela Comissão, recorrendo a arquivos na Cúria da Arquidiocese de Uberaba, na Cúria Diocesana de Corumbá, como nas arquidioceses de Belém e Fortaleza, tendo também uma atenção especial aos registros nos arquivos salesianos desde sua formação até a ordenação episcopal, em 1925.

Em todas as Arquidioceses e Dioceses, Dom Antônio de Almeida Lustosa gozava sempre de fama de santidade ou fama similar, como em Uberaba e Corumbá, onde ele é reconhecido como um Bispo paciente, homem de oração, um Bispo trabalhador, sereno, piedoso e penitente. Por sua vez, em Belém e Fortaleza, a fama de santidade é explícita, também em razão das virtudes reconhecidas em Uberaba e Corumbá. É pautada nesta fama que a Positio pode ser escrita e esperançosamente apresentada à Causa dos Santos.

Em reportagem de 27 de abril, o atual Postulador, Pe. Pierluigi Cameroni, recorda o processo e os que foram colaborando na composição final do escrito. “A Positio teve como Relator Mons. Maurizio Tagliaferri, P. Pierluigi Cameroni, SDB como Postulador, e Dra. Cristiana Marinelli como Colaboradora. Os elementos estruturais da Positio são: uma breve apresentação do Postulador; a Informatio super virtutibus, ou seja, a parte teológica em que se demonstra a vida virtuosa do Servo de Deus; os dois Resumos com provas textuais e documentais; a Biographia ex Documentis; as últimas Sessões e o aparato iconográfico”. Assim, Padre Cameroni expõe resumidamente como se desenvolve o documento; neste caso particular, a Positio de Dom Antônio de Almeida Lustosa.



No caso da comunicação do depósito do documento, Pe. Cameroni utiliza o texto italiano “Con gioia comunico la consegna della Positio di Mons. Antonio de Almeida Lustosa”, referindo-se como uma alegria (gioia). De fato, para a Igreja a causa dos Santos é um dom especial da generosidade de Deus, mas de modo especial, em nosso caso, para a Família Salesiana, para as Igrejas Particulares de Uberaba, Corumbá, Belém e Fortaleza, pois estão na iminência de terem como reconhecido por toda a Igreja um Pastor Santo que as conduziu com amor e docilidade. Amor pelas vocações sacerdotais, preocupação com os bens temporais da Igreja e, especialmente, uma predileção pelos pobres, que se expressou nos encontros em suas visitas pastorais, nas ações educacionais e nas obras em prol da saúde dos mais pobres, e não menos importante, seu zelo sacramental, cuidando para que cada um de seus diocesanos fosse assistido pela graça sacramental em favor da salvação integral da pessoa. Enfim, uma vida virtuosa que agora, juntos, rezamos para que seja reconhecida pela Igreja como um testemunho de santidade.

Por fim, invoquemos o olhar benevolente de Deus, para que possamos ter reconhecida a santidade de Dom Lustosa. Nossa oração é singular e insubstituível, afim de que os favores de Deus, por intercessão de Dom Lustosa, possam sempre mais estar em nosso meio. Abaixo, segue a oração pela Causa de Beatificação e Canonização de Dom Antônio, para que possamos rezar e apresentar nossas causas, por intercessão do Servo de Deus, Dom Antônio de Almeida Lustosa.

ORAÇÃO


Dignai-vos, Senhor, aceitar a caminhada de nosso irmão Dom Antônio de Almeida Lustosa rumo ao altar. Ele, que em vida soube ser vosso servo fiel, imolando-se no pastoreio das almas, nos ensine hoje admiráveis exemplos de virtudes cristãs praticadas com tanto zelo sacerdotal. Concedei, Senhor nosso Pai, a graça [...] que por sua intercessão vos pedimos. Amém.


Pai nosso, Ave Maria, Glória ao Pai…


Padre Abimael Francisco do Nascimento, msc

12 visualizações

Posts recentes

Ver tudo