Escola Diaconal Santo Estêvão - Arquidiocese de Uberaba

Atualizado: 14 de Dez de 2020


A Escola Diaconal Santo Estêvão, responsável pela formação dos candidatos ao Diaconato Permanente em nossa Arquidiocese, unida a toda a Igreja, também teve que se adaptar à nova realidade imposta pela pandemia da COVID-19.


Seguindo a orientação de nossa Arquidiocese, a partir de 19 de março tivemos nossos encontros formativos suspensos. Formandos e formadores foram chamados ao isolamento necessário, em comunhão com todas as cidades do Brasil. Estivemos com as atividades suspensas durante toda a Quaresma e início do tempo Pascal, até praticamente o fim de abril do corrente ano.


Considerando o prolongamento do isolamento, conversando com nosso Arcebispo Dom Paulo, a diretoria da Escola Diaconal, auxiliada pelo formando Anderson Branquinho, do quarto ano de Teologia, que dispôs o escritório de seu trabalho com o equipamento necessário para os encontros audiovisuais, com a presença e apoio do Diácono Márcio, decidiu pelo retorno dos encontros de formação intelectual de forma remota. Como são duas turmas que atualmente caminham conosco na formação acadêmica, do primeiro e do quarto ano de Teologia, foi necessária uma adaptação na forma de lecionar.


Normalmente, as aulas de formação intelectual são ministradas quinzenalmente aos sábados, das 08h às 16h. Como tínhamos apenas uma sala e um conjunto de transmissão, os formandos e formadores concordaram em termos os encontros às quintas e sextas-feiras, das 20h às 22h30, e aos sábados, alternando manhãs e tardes. Não foi fácil a conciliação, mas com a boa vontade de todos, professores e alunos, especialmente do Anderson que assumiu estar presente mesmo nas aulas do primeiro ano para fazer a transmissão, conseguimos retomar a caminhada das disciplinas da formação intelectual. Assim caminhamos até agosto, com encontros todas as semanas.


Com a chegada do segundo semestre e a permanência da pandemia, foi decidido que o primeiro ano continuaria com os encontros no sistema remoto. Contamos com a colaboração de outro aluno, Wagner Santos, no auxílio e controle das aulas remotas. Devido à urgência da presença física no tocante às últimas disciplinas de teologia, bem como a formação humano-afetiva, com encontros de acompanhamento psicológico, encontros com a diretoria e encaminhamentos visando à conclusão da formação acadêmica, o quarto ano passou a ter encontros presenciais, retornando às aulas que estavam agendadas. Esses encontros se deram na grande sala do Centro Pastoral, com capacidade para 150 pessoas, mantendo a distância necessária, pois éramos 12 pessoas ao todo. As normas foram observadas para garantir o bom andamento do encontro, como distanciamento, refeições, higienização.


O primeiro ano, neste último período, teve três dias de encontros presenciais, considerando a entrada na onda verde da pandemia em Uberaba. Foi um ensaio para termos um parâmetro para 2021. Ocuparam a grande sala e foram 14 presentes. Em reunião com o Conselho dos Formadores, decidiu-se que, com a continuidade da pandemia, as aulas serão organizadas com encontros presenciais e também virtuais, considerando a natureza de cada disciplina. Estamos seguindo sempre as orientações governamentais e precisaremos aguardar. Contudo, o curso do segundo ano de Teologia está sendo organizado e, posteriormente, será adaptado conforme o andamento do quadro pandêmico.


A decisão da retomada, ao menos parcial, dos encontros se deve ao fato que, para o bom funcionamento da Escola Diaconal, que implica as cinco dimensões da formação vocacional ministerial, é impossível que aconteça somente em sistema remoto, pois envolve retiros espirituais, celebrações, acompanhamento humano-afetivo, vida comunitária, pastoral, além da dimensão intelectual. Mantemos nossa esperança viva.


O quarto ano encerra suas atividades no próximo dia 12, Festa de Nossa Senhora de Guadalupe, com missa presidida por Dom Paulo Mendes Peixoto e participação restrita aos membros da Escola Diaconal. Nesta celebração, teremos o ministério de Leitor conferido a um candidato e de Acólito conferido a outros três. No próximo ano, a Escola segue com os candidatos que hoje cursam o primeiro ano, atualmente 14 presenciais e três remotos.


Teremos três alunos do quarto ano que estarão cursando algumas disciplinas pendentes e os oito candidatos que estão concluindo o quarto ano, após fazer o exame final, chamado De Universa, estarão realizando a fase de síntese vocacional, com laboratórios litúrgicos de prática celebrativa, concluindo a formação acadêmica para serem apresentados aos escrutínios de ordenação e ao Conselho dos Presbíteros de nossa Arquidiocese.

Pedimos a oração de todos pela continuidade de nossa Escola Diaconal confiada ao patrocínio e proteção de Santo Estêvão.


Padre Marcelo

Pela Diretoria da Escola

42 visualizações

Posts recentes

Ver tudo