Foranias Pastorais: o que é isso?

Atualizado: Mai 10

A partir de uma reunião da Província Eclesiástica de Uberaba, composta pelos representantes da Arquidiocese de Uberaba e pelas Dioceses de Patos de Minas, Uberlândia e Ituiutaba, entre eles o Arcebispo Dom Paulo Mendes Peixoto (Uberaba), Dom Frei Claudio Sturm (Patos de Minas), Dom Paulo Francisco Machado (Uberlândia), Dom Frei Irineu Andreassa (Ituiutaba), além dos coordenadores de pastorais das referidas Dioceses, foi acertado, a partir de uma proposta de Mons. Célio Pereira Lima (Coordenador de Pastoral da Arquidiocese de Uberaba), a mudança da nomenclatura para referir-se às “Regiões Pastorais”, buscando trazer para as Diocese da Província o termo usado no Código de Direito Canônico.


Como cada Diocese usava uma nomenclatura para as divisões territoriais dentro de suas respectivas áreas geográficas, foi sugerida a substituição dos termos antigos por “Foranias”. Em Uberaba, por exemplo, cada divisão territorial era denominada de Região “X”, exemplo, Região Abadia. Agora, passará a ser chamada de “Forania Abadia”. O nome dado a cada Forania e a quantidade na Arquidiocese de Uberaba ainda permanecem. O intuito desta mudança é facilitar a comunicação e, com o tempo, criar unidade na Província Eclesiástica, um de seus principais objetivos.


Confira quais são as Foranias e os respectivos representantes eclesiásticos:

Forania Catedral: Padre Saulo Moraes

Forania N. Sra. das Graças: Padre Alex Pereira (ainda não foi nomeado um substituto, será necessária uma nova eleição)

Forania N. Sra. D’Abadia: Padre Fábio Meira

Forania Romaria: Padre Rone Carlos

Forania Conceição das Alagoas: Padre Gustavo Cortez

Forania Frutal: Pe. Douglas Araújo

Forania Ressurreição: Padre José Alves

Forania Araxá: Padre Marcio André

Forania Sacramento: Padre Ricardo Fidélis


Amanda Oliveira

30 visualizações