Igreja Católica vai adotar novos métodos para a Catequese
Contato

Praça Dom Eduardo, 56 - Bairro Mercês - Uberaba - MG

(34) 3312-9565

Redes Sociais
inscreva-se

Facebook

Instagram

Identidade visual para fundo escuro.png

INFORMAÇÕES

Praça Dom Eduardo, nº 56 - Mercês
Uberaba-MG - CEP: 38060-280
Tel: (34) 3312-9565

  • Secretaria / Chancelaria Ramal 1

  • Financeiro Ramal 2

  • Patrimônio Ramal 3

  • Tribunal Eclesiástico Ramal 4

  • Secretaria de Pastoral Ramal 5

curia.arquidiocesedeuberaba@gmail.com

ASSESSORIA DE IMPRENSA DA ARQUIDIOCESE DE UBERABA

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

  • Segunda a Sexta: 8h às 12h e 14h às 17h.

cnbb-branca-260x80-2.png
vatican-news-header-white.png

TVs Católicas

Rede_Vida_logo.png

Produzido pela pascom arquidiocesena

© 2019 by Arquidiocese de Uberaba

Pública na Rede

Igreja Católica vai adotar novos métodos para a Catequese

Na primeira assembléia do clero uberabense em 2017, no último dia 14, o foco foi a estruturação da nova paróquia. Dentro disto foi mantida a suspensão de novas inscrições para a catequese neste ano como meio de priorizar a formação dos leigos.

Cerca de 80 padres das 20 cidades ligadas a Arquidiocese de Uberaba participaram da reunião, que contou com a presença de leigos nos dois turnos. O evento foi aberto por dom Paulo Mendes Peixoto que pediu empenho de todos nestas mudanças propostas pelo Papa Francisco. “Precisamos levar a Palavra de Deus àqueles que estão distantes da igreja,” realçou.

No geral, os padres e representantes de pastorais debateram a aplicação das decisões aprovadas pela 1ª Assembléia do Povo de Deus em novembro último. A meta, disse padre Márcio André Soares, coordenador de Pastoral, é de estruturar a Nova Paróquia, sendo o primeiro passo a formação dos missionários.

Dentro disto e apesar de resistência de algumas paróquias, ficou mantida a suspensão de inscrições para a Pastoral da Catequese em 2017. “Vamos adotar um novo método e por isto é preciso focar os trabalhos na formação correta destes novos catequistas,” disse o coordenador de Pastoral, afirmando que o cadastramento para a catequese será retomado em 2018.

Ainda na reunião foi apresentado manual editado com todas as decisões da Assembléia Povo Deus, sendo que a maioria inclui, neste primeiro ano, o treinamento de agentes diante das mudanças e a nova divisão setorial da paróquia.

Como explicou padre Márcio André a proposta da nova paróquia é uma igreja descentralizada da matriz, onde os paroquianos buscam  uma boa acolhida, um sermão de verdade e atual, sem preocupar com territorialidade. “Mais do que isto, em vez de uma igreja superlotada, onde não se identifica pessoas, queremos pequenas igrejas nos quarteirões e nas casas, com as pessoas cuidando umas das outras,” enfatizou o sacerdote frisando que muitos que dizem católicos precisam perceber e agir mais em prol dos irmãos necessitados.

Rubério Santos Assessor de Imprensa da Arquidiocese

0 visualização