Instalação da Basílica da Abadia (16 de julho de 2021)

Atualizado: Jul 19



Instalação da Basílica Menor de Nossa Senhora da Abadia na cidade de Uberaba, 100 anos da criação desta Paróquia e 140 anos de fé, história e devoção. É a segunda Basílica em todo o Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, em nossa Província Eclesiástica. A primeira em Sacramento.


Estamos dentro do templo, casa de Deus, lugar de nosso encontro com o Pai, no Filho e no Espírito Santo. Casa da comunidade. O templo é fonte de espiritualidade e de encontro da comunidade. A instituição aconteceu em 27/01/2020, por Decreto do Papa Francisco. O Bispo cria o Santuário; o Papa cria a Basílica.


A Basílica nos liga diretamente ao Santo Padre e com a cátedra de São Pedro em Roma, unidade visível da Igreja. Que esta Basílica seja uma lâmpada luzente para a nossa Igreja. Esses privilégios, concedidos pelo Papa Francisco, mediante pedido nosso, têm como objetivo evidenciar a importância de um local de fé e de espiritualidade fundamentado na Eucaristia.


Pela sublimidade dos acontecimentos, toda a Arquidiocese de Uberaba se alegra, reconhecendo a possibilidade de fecundos frutos vindos de um evento papal. Sabemos da importância de uma Basílica Menor, principalmente para o incentivo da fé do povo que aqui frequentar. Recebemos isto como uma benção para este local que sempre teve profunda marca de fé e espiritualidade enraizada na Palavra e na Eucaristia.


Ez 43,1-2.4-7: Ezequiel fala da glória de Deus no templo, como lugar do trono do Senhor, como lugar da habitação de Deus no meio do povo. Por isto temos aqui a presença constante da Eucaristia, Deus se velando pela comunidade e pela Igreja. Por isto o templo tem que ser valorizado com todo carinho e com fé. Embora na nova aliança, nós sejamos a habitação de Deus, o Templo continua sendo o lugar de adoração do povo de Deus. Sendo assim, devemos respeitá-lo e demonstrar reverência ao entrar para adorar. A queixa de Deus com os israelitas é que eles estavam profanando o Templo com idolatria, ofertas impuras e pecado. Ou seja, o Senhor está atento ao nosso comportamento e ao que é feito no Templo. Por isso, devemos estar atentos quando entrarmos na Casa de Deus.


Ef 2,19-22: No templo formamos a família de Deus, com fundamento nos profetas, nos apóstolos e em Jesus Cristo. Aí está a sustentação do edifício, de tijolos e de pessoas. Somos uma construção de Deus no Espírito Santo.


Ma 16,13-19: O templo é espaço de anúncio da Palavra de Deus. De mostrar quem é Jesus Cristo. Por meio do Evangelho nós podemos dar testemunho de fé na Palavra de Jesus e afirmar que a Igreja foi edificada sobre o fundamento dos apóstolos e com o poder do Espírito Santo, por isso, “o poder do inferno nunca poderá vencê-la”. Foi pelo poder do Espírito Santo que Pedro identificou Jesus como o Messias, o Filho de Deus, vivo, recebendo d’Ele, então, o poder e a autoridade para chefiar a Sua Igreja, como pastor do rebanho de Deus aqui na terra. Pedro é, portanto, a pedra sobre a qual Jesus edificou a Sua Igreja e lançou os Seus fundamentos. Portanto, podemos estar firmes de que o sucessor de Pedro age também com o poder do Espírito Santo e, diante de Deus, tem plena convicção daquilo que lhe é inspirado. Nós somos a Igreja, e o Espírito Santo é quem nos motiva, inspira e convence a continuarmos firmes na fé em Jesus Cristo e na assistência que Ele dá àqueles a quem convoca.


Somos gratos por esta riqueza na vida de nossa Igreja particular, a Arquidiocese de Uberaba. Agora, Santuário e Basílica, é uma expressão viva de nossa vida de fé, espaço de fecundidade da evangelização para toda a nossa região. Que Deus nos abençoe.


Homilia do Arcebispo

Dom Paulo Mendes Peixoto

29 visualizações