Missa da Unidade

No dia vinte e nove de agosto aconteceu em nossa Arquidiocese a Missa da Unidade. Ordinariamente, essa celebração ocorre na noite da quarta-feira da Semana Santa. Este ano, devido ao distanciamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus, a celebração foi adiada.

A Missa do Crisma, também chamada Missa da Unidade, é a Missa na qual o senhor bispo abençoa os óleos dos Catecúmenos e dos Enfermos e consagra o óleo do Crisma. Esses óleos serão distribuídos a todas as paróquias, para que os padres possam administrar ao povo os santos sacramentos. Uma família de cada paróquia acompanha o pároco, representando, assim, nessa liturgia, todo o povo de Deus. Além das bênçãos dos óleos, a celebração conta também com a participação dos padres que, diante do bispo, renovam as promessas sacerdotais.



Frente à necessidade do distanciamento social, a celebração contou com uma participação reduzida de padres, o Conselho de Presbíteros representando a unidade do presbitério com o senhor Arcebispo. Já o povo se manteve distante e de suas casas pôde acompanhar e rezar pelos meios de comunicação.

Comumente, a celebração também conta com a presença de todos os seminaristas de nossa Arquidiocese, tanto os que cursam Filosofia e Teologia, quanto os propedeutas, ou seja, aqueles que fazem uma primeira experiência da vida no Seminário Propedêutico. De modo a evitar uma possível aglomeração, estes também foram dispensados, cabendo a mim representá-los.


Mesmo com todas as dificuldades que enfrentamos, celebrar a Missa do Crisma, ainda que de modo restrito, é renovar a esperança da comunhão de nossa Igreja Particular, no Cristo Jesus. É renovar a esperança no espírito que nos une como comunidade de fé, como Igreja. É renovar a confiança no Espírito Santo de Deus, que nos fortalece em nossa caminhada de fé! Para mim e para os demais seminaristas, é o momento de renovar nossa vocação e alimentar nossa esperança de que um dia estaremos ali, diante do bispo, ao lado dos padres, sendo também bons pastores para o povo de Deus!

Ademar Pereira Martins Junior,

seminarista do 2º ano de Filosofia

29 visualizações

Posts recentes

Ver tudo