Missa da Unidade


A Igreja Católica tradicionalmente celebra na Semana Santa a Missa da Unidade, no contexto da instituição da Eucaristia, do Sacerdócio e do mandamento novo do Amor, relembrado pelo ato de Jesus de lavar os pés dos apóstolos. Aqui em Uberaba, normalmente ela acontece na noite da quarta-feira da Semana Santa, para que os fiéis possam participar da celebração. Dentro da cerimônia acontecem dois atos muito importantes. O primeiro é a renovação dos compromissos de cada sacerdote e de cada diácono com a sua própria vocação. O segundo ato importante é a bênção dos Santos Óleos: o óleo dos catecúmenos (aqueles que se preparam para receber o Batismo, sejam adultos ou crianças, antes do rito da água), ou seja, do Batismo; o óleo do Crisma, para a celebração do Sacramento da Crisma e usado na ordenação sacerdotal e episcopal; e temos ainda o óleo dos enfermos. Então são três óleos benzidos na mesma cerimônia, simbolizando a unidade diocesana ou arquidiocesana. No final da celebração, cada comunidade paroquial leva um pouco desses óleos, para serem usados na hora do Batismo, da Crisma ou de uma ordenação, e na Unção dos Enfermos.






Na benção do óleo do Crisma há uma cerimônia especial na qual em certo momento o bispo sopra três vezes em cima daquele óleo para simbolizar o Espírito Santo. Por isso nós dizemos que a Crisma é o Sacramento do Espírito Santo, com os sete dons. É como aquele sopro que Jesus deu quando os apóstolos estavam reunidos.

Em decorrência da pandemia da Covid-19, a Arquidiocese de Uberaba celebrou a Missa da Unidade no manhã dia 11 de junho, no Santuário da Medalha Milagrosa, em Uberaba, contando apenas com a participação de parte do clero, sem a presença de fiéis, sendo transmitida de forma online para leigos e leigas que não puderam participar presencialmente.


Ana Luísa Andrade

Assessora de Imprensa


21 visualizações

Posts recentes

Ver tudo