Nota Oficial da Arquidiocese de Uberaba - Coronavírus
Contato

Praça Dom Eduardo, 56 - Bairro Mercês - Uberaba - MG

(34) 3312-9565

Redes Sociais
inscreva-se

Facebook

Instagram

Identidade visual para fundo escuro.png

INFORMAÇÕES

Praça Dom Eduardo, nº 56 - Mercês
Uberaba-MG - CEP: 38060-280
Tel: (34) 3312-9565

  • Secretaria / Chancelaria Ramal 1

  • Financeiro Ramal 2

  • Patrimônio Ramal 3

  • Tribunal Eclesiástico Ramal 4

  • Secretaria de Pastoral Ramal 5

curia.arquidiocesedeuberaba@gmail.com

ASSESSORIA DE IMPRENSA DA ARQUIDIOCESE DE UBERABA

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

  • Segunda a Sexta: 8h às 12h e 14h às 17h.

TVs Católicas

Rede_Vida_logo.png
cnbb-branca-260x80-2.png
vatican-news-header-white.png

Produzido pela pascom arquidiocesena

© 2019 by Arquidiocese de Uberaba

Pública na Rede

Nota Oficial da Arquidiocese de Uberaba - Coronavírus

Estamos vivendo um momento que exige de nós precauções, como alertam as autoridades civis e sanitárias, diante do perigo de contágio com o novo coronavírus (COVID-19). É tempo de incertezas, porém não de pânico, mas de confiança e esperança no Senhor, que exige de nós cuidados para evitar a proliferação do vírus em nosso meio. Por isso, recomendamos a todos as seguintes orientações:


1. Continuam mantidas as medidas preventivas anunciadas anteriormente, para as celebrações: omitir o abraço da paz, não dar as mãos durante a oração do Pai-nosso, bem como a comunhão seja dada na mão, apenas na espécie de pão.


2. Nossas Igrejas e Capelas estejam abertas, limpas e arejadas durante as celebrações, disponibilizar álcool em gel, para o uso de todos. Nas Comunidades Paroquiais que têm grande fluxo de fieis, nos finais de semana, sejam multiplicadas as celebrações, para que se evite a aglomeração de pessoas. Pedimos, também, que os padres tenham a caridade pastoral de não ultrapassar o período de uma hora, nas Celebrações Eucarísticas.


3. A participação de idosos e pessoas do grupo de risco (asmáticos, pessoas com doenças do coração, fumantes, diabéticos, pessoas com cirurgia recente), e os acometidos de gripe e outras doenças respiratórias, durante esse período, são dispensadas da Celebração Dominical e podem acompanha-la pelos meios de comunicação.


4. Os Padres, Diáconos, Ministros Extraordinários da Eucaristia e da Palavra, observem as normas expedidas pelas autoridades competentes, para esse período.


5. Os padres idosos e os que pertencem ao grupo de risco estão dispensados das celebrações públicas nas comunidades, devendo celebrar a Eucaristia de modo privado, em favor do Povo de Deus.


6. Onde houver a restrição, por parte do município, sobre a Celebração Eucarística, o padre reze de modo privado, diariamente, em favor do Povo de Deus.


7. Se o Padre, Diácono, Ministros Extraordinários da Palavra ou da Eucaristia, estiver gripado não presida as Celebrações da Comunidade.


8. A celebração do sacramento do Batismo seja realizada após a festa da Páscoa, ou em casos de perigo de morte.


9. As celebrações do sacramento do Matrimônio, já agendadas para esse período, sejam realizadas observando as normas do direito, resguardadas as precauções pedidas.


10. A celebração do sacramento da Reconciliação (confissão) seja realizada com as devidas precauções e normas sanitárias; sobre o mutirão de confissões sejam mantidas as normas dadas anteriormente, aconteça a celebração com absolvição geral.


11.Sacramento da Unção dos Enfermos seja realizado em caso de necessidade ou em caso de perigos de morte.


12.A celebração de Exéquias aconteça, de preferência, em lugares abertos.


13.Os Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística, não levarem a Comunhão Eucarística aos enfermos, nesse período.


14.O atendimento das Comunidades Rurais seja realizado com a devida cautela, e onde houver necessidade, seja suspenso.


15.Sejam canceladas Via-sacra, procissões e festas dos padroeiros.


16.Sejam canceladas, em toda a Arquidiocese de Uberaba, reuniões, assembleias, encontros, cursos de formação, Escola de Teologia para Leigos (ESTELAU), as celebrações e reuniões nas Pequenas Fraternidades, Grupos Bíblicos de Reflexão, Terços dos Homens, Legião de Maria, entre outros.


17.A catequese de crianças, jovens e adultos, bem como, os encontros com as Famílias e as Celebrações do itinerário catequético sejam cancelados e adiados.


18.Nas instituições católicas de ensino, creches, educandários e outras instituições de acolhimento de crianças, sejam observadas as normas expedidas pelas autoridades competentes e Secretarias de Educação de cada município de nossa Arquidiocese.


19.Nas instituições de acolhida de idosos também sejam respeitadas as normas expedidas pelas autoridades competentes.


20.Não aconteçam, em nossa Arquidiocese, quermesses, almoços, bailes, jantares e outros eventos com grande número de pessoas, durante esse período.


21.Sejam suspensas as encenações da Paixão de Cristo que acontecem por ocasião da Páscoa do Senhor.


22.A Missa da Unidade (Celebração dos Santos Óleos) aconteça sem a participação do povo, na cidade de Uberaba.


23.A celebração do Tríduo Pascal seja realizada com a máxima cautela, onde houver necessidade, seja realizada ao ar livre. Evite-se o gesto do lava-pés, na Celebração da Ceia do Senhor, Quinta-feira Santa; a Vigília Eucarística seja realizada num curto período de tempo e em lugar arejado e amplo; na Celebração da Paixão do Senhor, na Sexta-feira Santa, a adoração da cruz seja realizada sem o beijo. Na Vigília Pascal seja observado número reduzido de leituras (previsto pelas normas litúrgicas).


24.A Romaria da Arquidiocese, prevista para o dia 24 de maio, para o Santuário de Nossa Senhora da Abadia, na cidade de Romaria, fica suspensa, até segunda ordem.


Além disso, pedimos que as Paróquias observem aquilo que for orientado por cada município de nossa Arquidiocese e colabore com a divulgação de tais informações.


Pedimos a todos os fiéis, que colaborem com as autoridades competentes para se evitar a proliferação do vírus em nossas comunidades e municípios e elevem ao Coração de Jesus orações e súplicas por todo o povo, especialmente por aqueles que são acometidos por essa pandemia, para que tenham assistência digna e pelos profissionais da saúde que colocam suas vidas a serviço da vida.


Essas orientações estarão em vigor até a Festa da Páscoa da Ressurreição, ou até a sua revogação.


Uberaba, 17 de março de 2020 AD.


Dom Paulo Mendes Peixoto

Arcebispo Metropolitano