Páscoa na pandemia

Atualizado: Abr 5

A sociedade mundial vive, no presente, um momento muito especial de medo, de dúvidas e de dor. Multiplicam-se as incertezas quanto ao futuro, difundem-se os temores, o pânico. E não se sabe quanto tudo isso vai durar.

Não é a primeira vez que a humanidade passa por uma pandemia. Não é a primeira vez que é sacudida por uma grande turbulência.

Em nossos dias, é o avassalador COVID-19 que, como inimigo invisível e silencioso, às vezes sem sintomas, dobra fracos e poderosos. Recomendações preventivas clamam pela responsabilidade de todos e a corresponsabilidade deixa a desejar, ainda que a velocidade de sua propagação suscite muito temor.

Entretanto, para o cristão uma coisa é certa: Deus está presente na caminhada da humanidade, neste momento, como sempre esteve. Ele não é indiferente a nada do que está acontecendo.


A pandemia levou a profundas mudanças com relação às celebrações litúrgicas em todo o mundo, exigindo orientações especiais sobre os cuidados que se deve ter quanto às formas de participação em todas as igrejas e grupos religiosos.

Todos os anos, a Igreja católica comemora a Páscoa do Senhor com muita solenidade, pois a Páscoa cristã é a celebração da Ressurreição de Cristo, razão de ser do cristianismo.

Sendo a maior festa cristã, é precedida por quarenta dias de preparação, que é a Quaresma, e celebrada com solenidade especial, tornando-se também oportunidade de encontros familiares e de grupos de amigos.

Com as inevitáveis mudanças no cenário mundial e o isolamento social provocado pela pandemia do COVID-19, as famílias mudaram desde o ano passado a forma de comemorar a Páscoa.

Contudo, as restrições do isolamento e o clima de insegurança que paira no ar não obscurecem a mensagem de esperança que a Páscoa nos traz em meio à pandemia. A Páscoa não pode passar despercebida, sendo a data mais importante do calendário cristão.

Tanto nas celebrações religiosas nas igrejas, quanto em reuniões e celebrações familiares nos lares, a ressurreição de Jesus Cristo continua a ser revivida, mesmo durante a pandemia do novo coronavírus. Ainda que a confraternização ocorra só no ambiente restrito de cada lar, a Páscoa não perde seu significado.


A pandemia reduziu ao mínimo o contato humano, mudou completamente o cotidiano familiar, social e de trabalho, trazendo muito sofrimento, mas a Páscoa continua a iluminar a realidade humana. O que não é possível acontecer nas igrejas, para celebrar o mistério maior de nossa fé, pode e deve ser realizado em família.

Durante esta semana que nos resta da Quaresma, a Semana Santa, somos convidados a preparar para esta data tão especial, antes de tudo, a nós mesmos, buscando o que nos leve a entender que a Páscoa deve acontecer primeiramente dentro de cada um.

A Páscoa cristã significa a passagem da morte para a vida, da dor para o alívio, da tristeza para a alegria. Após sua morte, Jesus ficou por três dias encerrado no túmulo, selado por uma grande pedra, antes de ressuscitar. A pandemia do Covid-19 nos encerra em nossas casas, mas estas não devem ser espaço de desespero. É tempo de olharmos para nosso coração, é tempo de valorizarmos mais aqueles que conosco convivem, fortalecer nossa fé e nossa esperança, pois Cristo, com sua Ressurreição, nos liberta de todo cativeiro, de toda insegurança, de todo medo.

Neste tempo de pandemia, a Família é o lugar da espiritualidade.

Permanecemos em casa, sem saídas para passeios, para momentos festivos com amigos. Isso exige de nós paciência e tolerância diante das fragilidades de nossos familiares. Nossa conversão, mais do que antes, passa pela família, por aqueles que vivem conosco sob o mesmo teto. Assim, nossa fé em Cristo Ressuscitado será manifestada no convívio familiar.


Irmã Alice Rodrigues Costa – Irmã Carmelita Missionária de Santa Teresa do Menino Jesus

22 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
Contato Cúria
Metropolitana

Praça Dom Eduardo, 56 - Bairro Mercês - Uberaba - MG

(34) 3312-9565

Redes Sociais

Facebook

Instagram

Twitter​

Youtube

Inscreva-se

INFORMAÇÕES CÚRIA

Praça Dom Eduardo, nº 56 - Mercês
Uberaba-MG - CEP: 38060-280
Tel: (34) 3312-9565

  • Secretaria / Chancelaria: Ramal 1

  • Financeiro: Ramal 2

  • Patrimônio: Ramal 3

  • Tribunal Eclesiástico: Ramal 4

  • Secretaria de Pastoral: Ramal 5

  • Contábil: Ramal 7

       curia.arquidiocesedeuberaba@gmail.com

ASSESSORIA DE IMPRENSA DA ARQUIDIOCESE DE UBERABA

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

  • Segunda a Sexta: 8h às 12h e 14h às 17h.

COMISSÃO ARQUIDIOCESANA PARA A PROTEÇÃO DE MENORES E DE PESSOAS VULNERÁVEIS - CAPMPV

TVs Católicas

Produzido pela pascom arquidiocesana

© 2019 by Arquidiocese de Uberaba

Pública na Rede

Minas Gerais - Brasil

  • Facebook da Arquidiocese de Uberaba
  • Instagram da Arquidiocese de Uberaba
  • Twitter da Arquidiocese de Uberaba
  • Youtube da Arquidiocese de Uberaba
  • Spotify ícone social