Padre Prata

Padre Prata

“Envelhecer não é fácil. O idoso vai percebendo que, aos poucos, vai sendo isolado. O jovem percebe que um mundo novo se abre diante dele. De um modo geral, o jovem está inundado de esperanças; o idoso se isola cada vez mais. Sente-se esquecido. De uma coisa, porém, tem certeza. Sua esperança está em sua certeza: aos jovens pertence agora a construção de um mundo melhor”  Padre Prata (Trecho retirado da artigo “O velho, o idoso ou o jubilado?” – publicado no dia 20 de janeiro de 2019)

O espaço aberto da reflexão que promove o entendimento do mundo, convida à tolerância, ao diálogo e tempera com humor a corrida de obstáculos da vida, esse foi o lugar do pensamento do Padre Prata. Lançava um olhar perscrutador ao mundo, às minudências do cotidiano, aos conflitos corriqueiros e recorrentes da humanidade e pinçava com habilidade o quê de bom haveria, o sumo da aprendizagem que enriquece a alma e adoça o coração. Conheço leitores do Padre Prata que apreciavam seus artigos, alguns até, nem católicos eram, mas, bebiam, serena e prazerosamente, na fonte para a qual o articulista os conduzia, sábia e singelamente.

Uberaba perdeu um filho da cidade que honrou sua vida clerical, prestando, também, um singular serviço à sua terra: a evangelização de almas, mediante um suprimento constante de reflexões sobre a vida e o que nela realmente importa, veiculado em um jornal.

Às 19h do dia 10 de abril de 2019, na Catedral Metropolitana de Uberaba, Padre Saulo Emílio Pinheiro Moraes presidiu a celebração da Missa de Sétimo dia do Padre Thomaz de Aquino Prata (Padre Prata). Estavam presentes familiares e amigos, as pessoas que estiveram assim, presentes em sua vida, e aqueles que encontraram em seus escritos e em sua ação pastoral o conforto que nutre a fé.

O coral da Catedral expressou, de certa maneira, mediante os cantos litúrgicos, o quanto todos estavam emocionados e o que gostariam de manifestar também, orando a Deus e agradecendo pela longa e produtiva existência do Padre Prata, vivida entre nós. Monsenhor Valmir dirigiu-se aos familiares, a todos que participaram da celebração eucarística, traduzindo a prece que estava no coração da assembleia no final da Santa Missa. Suas palavras de agradecimento e de reconhecimento do belo exemplo de vida que Padre Prata deixou inscrito na história de Uberaba ecoaram na cúpula da nossa Catedral e ficaram gravadas para sempre.

Padre Prata não será esquecido e, oxalá, os nossos jovens construam, mesmo, o mundo melhor que foi o escopo grandioso de sua vida. O mundo melhor que é o Reino de Deus, certeza que se traduz em esperança cingida pela misericórdia expressa na vida que sempre, sempre continua. Muito obrigada, Padre Prata! Prossegue em paz na eternidade e intercede por nós que ficamos com a responsabilidade do combate nesse mundo, guardando a nossa fé.

Uberaba, 10 de abril de 2019

Rita De Blasiis

3 visualizações
Contato

Praça Dom Eduardo, 56 - Bairro Mercês - Uberaba - MG

(34) 3312-9565

Redes Sociais

Facebook

Instagram

Twitter​

Youtube

Inscreva-se
Identidade visual para fundo escuro.png

INFORMAÇÕES

Praça Dom Eduardo, nº 56 - Mercês
Uberaba-MG - CEP: 38060-280
Tel: (34) 3312-9565

  • Secretaria / Chancelaria Ramal 1

  • Financeiro Ramal 2

  • Patrimônio Ramal 3

  • Tribunal Eclesiástico Ramal 4

  • Secretaria de Pastoral Ramal 5

curia.arquidiocesedeuberaba@gmail.com

ASSESSORIA DE IMPRENSA DA ARQUIDIOCESE DE UBERABA

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

  • Segunda a Sexta: 8h às 12h e 14h às 17h.

TVs Católicas

Rede_Vida_logo.png
cnbb-branca-260x80-2.png
vatican-news-header-white.png

Produzido pela pascom arquidiocesana

© 2019 by Arquidiocese de Uberaba

Pública na Rede