Peregrinação a Comunidade Nossa Senhora de Guadalupe e Terço Mariano

A Comunidade Nossa Senhora de Guadalupe sediou no dia 19 de julho de 2021, às 19:30 h, o início do Processo de Escuta da Assembleia Eclesial da América Latina e o Caribe (1), mediante a Celebração Eucarística presidida por nosso Arcebispo Dom Paulo Mendes Peixoto.


A Santa Missa de abertura do Processo de Escuta foi celebrada nessa Comunidade porque a sede da Assembleia Eclesial é a Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe no México e também porque, ao propor essa Assembleia de Leigos, Presbíteros e Bispos, o Papa Francisco deseja ouvir todo o Povo de Deus. Ou seja, não somente as grandes estruturas eclesiais católicas, mas, também as pequenas Comunidades e Paróquias dos Bairros periféricos latino-americanos.


Durante a elaboração do Documento de Aparecida na Basílica de Nossa Senhora Aparecida, o Papa Francisco ouvia o povo orando no interior da Basílica, num plantão de oração constante. Francisco, na ocasião, Cardeal Jorge Mario Bergoglio, presidiu a comissão que redigiu o documento final e se recorda que a oração perseverante do povo presente na Basílica, contribuiu também para que o Documento de Aparecida (2) se configurasse com o seu singular teor tão importante e necessário, segundo o próprio Papa, não somente para a Igreja Latino-americana mas para a Igreja Universal.


Esse comentário do Papa Francisco inspirou Padre Sérgio Augusto Faria Vidal, CRS*, Pároco da Paróquia Nossa Senhora das Graças, à qual pertence a Comunidade Nossa Senhora de Guadalupe, a constituir com seus colaboradores, um movimento orante em prol da Assembleia Eclesial da América Latina e o Caribe. (3)


Com o apoio do Padre Geraldo Maia, coordenador da Comissão de Animação da Assembleia Eclesial, toda a Arquidiocese de Uberaba foi convidada a participar desse movimento intitulado “Peregrinação e Terço Mariano”, realizando uma visita à Comunidade Nossa Senhora de Guadalupe, para orar o Santo Terço presencialmente, ou participando mediante a transmissão pelo YouTube.


Esse momento orante está sendo celebrado durante quatro sábados do mês de Agosto, nos dias 07, 14, 21 e 28 às 15 h. Padre Sérgio enfatizou que “quem não puder rezar conosco presencialmente poderá acompanhar e rezar junto pelo canal do YouTube da Paróquia Nossa Senhora das Graças, pois está sendo feita a transmissão ao vivo”.


Dia 07 de agosto: Dom Paulo Mendes Peixoto participa do primeiro momento da Peregrinação


O primeiro momento orante aconteceu no dia 07 de agosto e foi celebrado por Dom Paulo Mendes Peixoto. Ao final da oração do Santo Terço, Dom Paulo convocou a todos, Presbíteros e Leigos a participarem dessa iniciativa de oração comunitária, esclarecendo, mais uma vez, a importância da Assembleia Eclesial e a necessidade de que participemos desta também. (4)




Dia 14 de agosto: Participação do Padre Geraldo Maia


No sábado, 14 de agosto, a Comunidade Nossa Senhora de Guadalupe recebeu a visita do Padre Geraldo Maia, coordenador da Comissão de Animação da Assembleia Eclesial da América Latina e o Caribe. Padre Geraldo, após o término do Santo Terço, teceu um breve comentário sobre a participação de todos no Processo de Escuta em curso e sobre a necessidade de orarmos juntos pedindo a intercessão de Nossa Senhora de Guadalupe, Padroeira da América Latina. (5)


Peregrinação feita pela Comunidade Santa Clara de Assis


A Comunidade Santa Clara de Assis, que pertence à Paroquia Sagrada Família, realizou sua Peregrinação à Comunidade Nossa Senhora de Guadalupe e participou da oração do Santo Terço no dia 14 de agosto. Padre Lucimar Dias, Pároco da Sagrada Família, em outro compromisso, não pôde comparecer, mas, está participando do Processo de Escuta de sua Paróquia.







Dia 21 de agosto: A próxima Paróquia responsável pela oração do Santo Terço pode ser a sua!


O momento orante do próximo sábado, dia 21 de agosto às 15 h, ainda não tem uma Paróquia ou Comunidade que assumiu a responsabilidade de realizar a Peregrinação para participar presencialmente da Oração do Santo Terço. Esse convite dirigido a todos os Párocos da Arquidiocese de Uberaba, pelo Padre Sérgio durante a transmissão online do último momento orante, no sábado, dia 14 de agosto.


Dia 28 de agosto: Convocação aos Párocos participantes da Assembleia e respectivos Mediadores

Para o momento orante do dia 28 de agosto as 15 h, está sendo solicitado aos Párocos que participem e convidem os mediadores que estão atuando em suas Paróquias, para estarem todos presencialmente no momento de oração do Santo Terço em prol da Assembleia Eclesial da América Latina e o Caribe, ou mesmo virtualmente por meio da transmissão via YouTube .

O Espírito Santo nos exorta a buscar novos caminhos e a nos tornarmos cada vez mais discípulos missionários. O momento de Peregrinação à Comunidade Nossa Senhora de Guadalupe para orar o Santo Terço é um convite para que caminhemos como Povo de Deus em direção à Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe, celebrando a presença de Deus nas nossas vidas.

Nosso Arcebispo Dom Paulo Mendes Peixoto, Padre Geraldo Maia, Padre Sergio Vidal, CRS e os demais participantes, Presbíteros e Leigos têm essa aspiração de que a Primeira Assembleia Eclesial seja realmente, conforme solicita o Papa Francisco, “uma expressão genuína de uma presença que abrace as esperanças e anseios de todos os que fazem a Igreja, Povo de Deus”.

Sobretudo porque “esse processo de escuta, de forma sinodal, será a base para guiar os passos futuros de uma Igreja mais nazarena e simples”. (1)


Pascom da Paróquia Nossa Senhora das Graças – Comunidade Nossa Senhora de Guadalupe

Pascom da Comunidade Santa Clara

Uberaba, 16 de agosto de 2021.


Sites consultados


(1) Tomada de consciência sobre a Assembleia Eclesial: https://www.vaticannews.va/pt/igreja/news/2021-07/primeira-assembleia-eclesial-consciencia-discipulos-missionarios.html

“O objetivo principal desta Assembleia é reanimar a Igreja de uma nova forma, apresentando uma proposta reformadora, um envolvimento de toda a Igreja, não somente os bispos, com uma metodologia representativa, inclusiva e participativa”.


(2) Cardeal Jorge Mario Bergoglio em Aparecida:

https://www.cnbb.org.br/cardeal-bergoglio-no-brasil-fotos-na-conferencia-de-aparecida/

“Em maio de 2007, realizou-se no Santuário Nacional de Aparecida (SP) a V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e Caribenho,[...]com a presença de delegados do episcopado de todo o continente, entre eles o então arcebispo de Buenos Aires, cardeal Jorge Mario Bergoglio, hoje Papa Francisco. Durante a Conferência, Bergoglio presidiu a comissão que redigiu o documento final, conhecido popularmente como “Documento de Aparecida”.

(3) Mensagem do Papa para a Assembleia Eclesial da América Latina e Caribe:

https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2021-01/mensagem-papa-assembleia-celam-

trujillo.html

Na sua mensagem o Papa disse:

A Igreja se dá no partir do pão, a Igreja se dá com todos, sem exclusão. Uma Assembleia de Igreja é o sinal de uma Igreja sem exclusão. E outra coisa a ter em mente é a oração. O Senhor está em nosso meio. Que o Senhor se faça ouvir, daí nosso pedido de que Ele esteja conosco".

(4) Dom Paulo na Peregrinação e Terço Mariano do dia 07 de agosto

https://www.facebook.com/141165142741616/videos/571262817381604/

(5) Padre Geraldo Maia: Peregrinação do dia 14 de agosto

https://www.facebook.com/141165142741616/videos/2710928075880349/

(6) Igreja sem saída, Igreja em saída: Da Conferência Episcopal de Aparecida para a Assembleia Eclesial do México. Artigo de Paulo Suess

http://www.ihu.unisinos.br/78-noticias/609929-igreja-sem-saida-igreja-em-saida-da-conferencia-episcopal-de-aparecida-para-a-assembleia-eclesial-do-mexico-artigo-de-paulo-suess


"Muitos sonhos do Papa Francisco e de amplos setores do Povo de Deus se tornarão caminhos, provavelmente, só depois de um século. O tempo pode ajudar a discernir melhor entre 'ordem divina' e 'ordem cultural' e a transformar os setores da Igreja sem saída em irmãos e irmãs de uma Igreja em saída. Só o tempo pode curar a Igreja de lacunas coletivas de memória, de falta de coragem, divisões internas e contradições pastorais, por hora ainda consideradas de 'ordem divina', mas que se podem revelar de ordem cultural e histórica", escreve Paulo Suess.


*CRS: Ordem dos Clérigos Regulares de Somasca

33 visualizações