Santuário de Nossa Senhora D’Abadia conquista reconhecimento inédito em Uberaba

Santuário de Nossa Senhora D’Abadia conquista reconhecimento inédito em Uberaba

Em 15 de agosto de 1921, no bairro que se tornaria o mais populoso de Uberaba (MG), é construída a capela de Nossa Senhora da Abadia. O templo simples passa a se desenvolver na mesma medida em que conquista inúmeros fiéis e devotos. Por isso, é reconhecido em 1987 como um local sagrado, um Santuário, posteriormente classificado como uma das sete maravilhas da cidade. Este ano, que inclusive comemora os 200 anos de Uberaba, o Santuário celebra também uma nova conquista: a do título de Basílica Menor.



“[...] a Congregação do Culto Divino e da Disciplina dos Sacramentos, em força das faculdades especiais concedidas pelo Sumo Pontífice FRANCISCO, com toda a alegria concede o título de Basílica Menor, bem como a dignidade com todos os direitos e concessões litúrgicas a ele ligados, à Igreja Santuário [...], popularmente intitulada d’Abadia, da cidade de Uberaba”. São estes os dizeres do decreto que confere ao Santuário D’Abadia mais um resultado da representatividade que possui, desde a idealização do Capitão Eduardo Formiga, fundador da Igreja.


Fiéis de todas as paróquias, bairros e regiões de Uberaba, cidades vizinhas e até mesmo turistas frequentam o Santuário. E é por isso que, desde a criação, o local passa por elaborados projetos de melhoria para o melhor acolhimento desses devotos, sendo referência de uma majestosa beleza interna e externa. A torre de 40 metros, com a imagem de Nossa Senhora D’Abadia, tornou-se referência para aqueles que buscam da cidade a intercessão de Nossa Senhora.


Por esse marco religioso e histórico de Uberaba as autoridades locais se reuniram para pedir a elevação do Santuário D’Abadia à dignidade de Basílica Menor. “Tradição da fé há quase 140 anos entre os mineiros, [a possível elevação] a basílica marcaria o prestígio que a celebração já tem em importância aos fiéis da região, que anualmente peregrinam até Uberaba. Sua transformação em basílica é uma forma de reconhecimento da devoção presente naquele Santuário, sua importância espiritual, de peregrinação e de formação na perspectiva da fé cristã católica”, afirma o prefeito de Uberaba, Paulo Piau Nogueira, em ofício destinado ao Vaticano.




O decreto que concede ao Santuário essa titulação foi feito em 27 de janeiro de 2020. “Sentindo que o Santuário D’Abadia se sobressai pela sua história e pelo que representa para a população uberabense e de toda a região, acreditamos que a concessão do título de Basílica Menor será, não só o marco histórico nos 200 anos da cidade, assim como estímulo para um fervor ainda maior, para a vivência religiosa, em toda a região”, pontua o arcebispo Dom Paulo Mendes Peixoto, em petição do título de Basílica Menor.


Basílica, em grego basileos, significava casa do Rei. O termo foi adaptado para o lugar onde se celebra a Eucaristia. O título honorífico de Basílica é concedido a igrejas, em diversos países do mundo, pelos seguintes motivos: veneração dos cristãos; importância histórica, artística e cultural para cidade ou região; beleza artística na arquitetura e decoração; centro de ação litúrgica e formação para os fiéis; lugar de peregrinação e indulgência. “A partir do momento em que é instalado o título de Basílica, a igreja que recebeu o título, no caso o Santuário, passa a usar os símbolos papais como uma espécie de logomarca.


Esses símbolos são: a tiara papal com as chaves cruzadas, o tintínabulo (uma espécie de sino numa haste) e um ombrellino (um guarda-sol com as cores papais)”, explica o pároco do Santuário da Abadia, Padre Alexsandro Ribeiro Nunes. A partir desse reconhecimento, o santuário passa a chamar-se “Santuário Basílica de Nossa Senhora D’Abadia”, sendo a 72ª no Brasil e 19ª em Minas Gerais.


“O que muda é que agora, com o Título de Basílica, o Santuário deve ser um centro de irradiação do Evangelho através da liturgia, pastoral e formação. Uma Basílica deve possuir também um espaço litúrgico que brilhe pela beleza, contendo presbitério amplo, ambão, mesa do altar e cadeira do presidente fixa e de material nobre. A Basílica deve propagar os documentos papais e da Santa Sé”, finaliza o pároco.


Jornalista Larissa Rodrigues

Membro da Pastoral da Comunicação

Santuário Basílica de Nossa Senhora D’Abadia


28 visualizações
Contato

Praça Dom Eduardo, 56 - Bairro Mercês - Uberaba - MG

(34) 3312-9565

Redes Sociais

Facebook

Instagram

Twitter​

Youtube

Inscreva-se
Identidade visual para fundo escuro.png

INFORMAÇÕES

Praça Dom Eduardo, nº 56 - Mercês
Uberaba-MG - CEP: 38060-280
Tel: (34) 3312-9565

  • Secretaria / Chancelaria Ramal 1

  • Financeiro Ramal 2

  • Patrimônio Ramal 3

  • Tribunal Eclesiástico Ramal 4

  • Secretaria de Pastoral Ramal 5

curia.arquidiocesedeuberaba@gmail.com

ASSESSORIA DE IMPRENSA DA ARQUIDIOCESE DE UBERABA

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

  • Segunda a Sexta: 8h às 12h e 14h às 17h.

TVs Católicas

Rede_Vida_logo.png
cnbb-branca-260x80-2.png
vatican-news-header-white.png

Produzido pela pascom arquidiocesana

© 2019 by Arquidiocese de Uberaba

Pública na Rede