Segundo atentado contra imagem de Aparecida em Uberaba

Pela segunda vez, a Imagem de Nossa Senhora Aparecida instalada na praça em frente à igreja de São Judas Tadeu, no bairro Fabrício, foi alvo de vandalismo em Uberaba. O episódio, que gerou boletim de ocorrência lavrado pela Polícia Militar, aconteceu em 07 de maio último, de acordo com o pároco Juliano Evangelista Nascimento. Segundo ele, tratou-se de um triste atentado contra a imagem. “O ato por si só já nos desperta sentimento de profundo pesar, quanto mais nas circunstâncias atuais de pandemia, em pleno mês mariano e semana do dia das Mães”.


A imagem de Nossa Senhora Aparecida só não foi danificada porque está cercada por um vidro blindado, que teve uma de suas camadas quebrada. “Foram tomadas medidas legais para apurar a autoria de mais um atentado contra nossa paróquia. Que a justiça dos homens faça seu papel para que se repare essa violência contra a liberdade religiosa e os danos materiais que foram causados”, argumenta o padre.


Em 2012, um homem alcoolizado quebrou o vidro de proteção e ateou fogo à imagem de aproximadamente um metro e meio. Parte do rosto da santa foi danificada. A coroa e o manto também foram atingidos. A santa somente voltou para a redoma em frente à Igreja em 2013, após passar por processo de restauração e com a garantia de que o vidro blindado protegeria a imagem. A restauração custou na ocasião algo em torno de R$ 20 mil reais.

Segundo informações da igreja, a instalação do monumento se deu em meados de 2009.


Da Redação

21 visualizações